China ocultou dados da origem da covid-19, admite OMS



A declaração foi feita pelo diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta terça-feira, 30, que a China ocultou dados dos pesquisadores que foram ao país investigar as origens da covid-19. 

“Em minhas discussões com a equipe [de profissionais que foram a Wuhan], eles expressaram as dificuldades que encontraram para acessar dados brutos”, disse Tedros. “Espero que futuros estudos colaborativos incluam um compartilhamento de dados mais oportuno e abrangente”, advertiu.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();