Mourão defende Bolsonaro e diz: “Deixa o cara governar, pô”



Vice-presidente afirmou que não há condições para nenhum pedido de impeachment

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo publicada neste domingo (17), o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, defendeu o presidente Jair Bolsonaro, definido por ele como o “mais atacado ao longo dos últimos anos”. Mourão criticou os pedidos de impeachment e mandou um recado: “Deixa o cara governar, pô”.

As declarações foram dadas ao ser questionado sobre os mais de 50 pedidos de impeachment contra Bolsonaro que estão parados na Câmara dos Deputados. Mourão disse não ver condições de nenhum deles prosperar.

– Não vejo hoje que haja condição de prosperar qualquer pedido de impeachment contra o presidente Bolsonaro, o mais atacado, ao longo dos últimos anos. Desde o dia anterior à posse o tiroteio já era grande em cima dele. Quantos pedidos de impeachment o Sarney, o Fernando Henrique, o Lula tiveram? Só a Dilma, coitada, é que não conseguiu sobreviver. E o Collor, obviamente. Aqui no Brasil qualquer coisa é impeachment, né? Deixa o cara governar, pô! Os pesos e contrapesos do nosso sistema democrático são mais do que suficientes para barrar qualquer tentativa de um governante de sair do leito da Constituição – apontou.

Mourão também foi indagado sobre a relação entre Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Para o vice, Maia faz muitos ataques diretos ao presidente.

– O deputado Rodrigo Maia ataca muito frontalmente o presidente, inclusive com palavras fora do tom, chamando-o de covarde, mentiroso – ressaltou.

FONTE: PLENO.NEWS

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();