DANOS MORAIS: Globo é condenada a indenizar em R$ 30 MIL e salário de R$ 1,9 MIL a participante do Caldeirão do Huck



A emissora precisa arcar com R$ 30 mil de danos morais para Vânia Ibraim, que participou do quadro "Mandando Bem"

A Globo perdeu um processo na Justiça para a manicure Vânia Ibraim de Oliveira, que participou do quadro "Mandando Bem", do " Caldeirão do Huck ", em 2012 e entrou na Justiça alegando que não recebeu todos os prêmios que lhe prometeram. O caso foi dado como julgado, não é mais possível entrar com recursos, e a emissora deverá pagar R$ 30 mil em danos morais e um salário de R$ 1,9 mil pelo tempo que a mulher ficou à disposição do programa.

Quando Vânia participou do quadro, ela trabalhava como manicure express, rodando o Rio de Janeiro para atender as clientes. No programa, ela estudaria empreendedorismo e receberia uma série de prêmios prometidos por Luciano Huck. 

O apresentador disse que a manicure iria ganhar: uma moto reformada e outras duas motos novas, o pagamento de salário enquanto Vânia estivesse realizando o treinamento de empreendedorismo, R$ 30 mil de capital de giro, um veículo da marca Saveiro, dois laptops, um trailer itinerante para o atendimento de clientes, a abertura da empresa e obtenção das licenças necessárias e elaboração do site da marca e de toda a identidade visual da empresa.

LEIA TAMBÉM: 

Crivella corta quase R$ 50 milhões de verbas publicitárias da Globo

Segundo o site Notícias da TV, Vânia teve problemas com alguns dos prêmios. Ela não conseguiu regularizar a situação dos veículos e das empresas e o trailer não veio com os alvarás necessários para funcionar. A defesa da manicure entrou na Justiça pedindo R$ 200 mil de indenização e um salário de R$ 5,3 mil pelo tempo em que ela ficou à disposição do quadro. No dia 8 de janeiro, o caso foi dado como encerrado após decisão do desembargador Nagib Slaibi, relator do processo na 6ª Câmara Cível do Rio de Janeiro.

O desembargador concluiu que a Globo deve arcar com os prêmios presentes no contrato e também com o que foi prometido por Luciano Huck em rede nacional. "Forçoso concluir que os termos do contrato devem levar em conta, também, o que foi prometido em cadeia nacional de televisão, tanto pela credibilidade que ostenta o veículo de comunicação envolvido, como pelo fato de que a participante é uma pessoa humilde, com clara hipossuficiência econômica e de conhecimentos sobre o que iria ser alterado em sua vida", diz o parecer.

Ficou definido que a emissora pagará um salário de R$ 1,9 mil pelo tempo que Vânia se dedicou ao programa e também precisa fazer o acerto tributário da manicure com a Receita Federal e as concessões dos documentos, licenças e autorizações. A indenização por danos morais é de R$ 30 mil. "Compulsando os autos e analisando-se, em especial as correspondências trocadas entre os envolvidos, verifica-se que a recorrente [Vânia] passou da felicidade e euforia para uma sensação de angústia, tristeza e revolta por não ter conseguido usufruir de todas as promessas que lhe teriam sido feitas", diz ainda o parecer do desembargador.

Fonte: https://gente.ig.com.br/tvenovela/2021-01-14/globo-deve-pagar-indenizacao-para-participante-de-quadro-do-caldeirao-do-huck.htm

3 comentários:

  1. Isso é a cara desse FDP do Luciano Huck e da Globolixo. Eles usam o pobre, o necessitado para garantir audiência, tudo pela ganância. Quero q ele se exponha e põe a "cara para bater" se candidatando, para sair humilhado.

    ResponderExcluir
  2. Que vergonha a mesma coisa dos políticos promete e não cumpre nada saúde sempre foi um caos educação um zero segurança essa coitado policiais com armas de brinquedo e bandidos com um arsenal vai entender

    ResponderExcluir
  3. Nao querendo generalizar, mas grande parte desses apresentadores de TV sao falsos. Quem estar do outro lado da tela nem tem noçao de quem realmente eles sao. Olhando a forma como agem nos programas, parecem pessoas bondosas, mas é tudo falsidade. E cim os salarios milionarios que ganham tem que demonstrar mesmo o que nao sao.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();