Assassino que matou o cabo Cardoso em Mesquita é preso pela polícia


Jonathan Santos Targino, conhecido como Jonatha, foi preso pelo 14° Batalhão de Polícia Militar

O homem suspeito de atirar e matar o cabo da Polícia Militar, Derinaldo Cardoso, durante um assalto dentro de uma unidade da loja Casa & Vídeo em Mesquita, na Baixada Fluminense, foi preso pela Polícia Militar do Rio de Janeiro neste domingo (6).

Identificado como Jonathan Santos Targino, conhecido como Jonatha, o suspeito foi preso pelo 14° Batalhão de Polícia Militar (Bangu). Ainda não foram divulgadas maiores informações sobre as circunstâncias da prisão.

Até a tarde de sábado (5), a suspeita dos policiais era de que Jonatha estaria escondido em Vila Kennedy, bairro da Zona Oeste da capital de onde o suspeito seria oriundo.

O CASO

O policial militar Derinaldo Cardoso dos Santos, de 34 anos, foi morto ao tentar impedir um assalto a uma loja no centro de Mesquita, cidade da Baixada Fluminense. Derinaldo, que era cabo da PM, foi atingido por um tiro na cabeça disparado por um criminoso durante a ocorrência.

O caso aconteceu no início da tarde de sexta-feira (4) e a morte foi confirmada na noite do mesmo dia. Cardoso, que trabalhava no 20º Batalhão da Polícia Militar, chegou a ser levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) em estado gravíssimo e passou por uma cirurgia de emergência, mas não resistiu.

FONTE: PLENO.NEWS

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();