Homem morto em Carrefour no RS tinha antecedentes criminais por violência doméstica, ameaça e porte ilegal de arma, ele foi espancado após desferir um soco no segurança


 

De acordo com a polícia, João Alberto Silveira Freitas tinha antecedentes por violência doméstica, ameaça e porte ilegal de arma

De acordo com informações da Polícia Civil, João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, morto após ter sido espancado por seguranças no estacionamento de uma unidade do Carrefour em Porto Alegre (RS), tinha antecedentes criminais. A informação foi confirmada pela TV Globo, que afirmou que o homem tinha antecedentes por violência doméstica, ameaça e porte ilegal de arma.

Ao portal Uol, uma fonte da polícia relatou que a violência doméstica foi cometida contra outra mulher e não contra a atual esposa de João Alberto.

De acordo com a Brigada Militar, o espancamento começou após um desentendimento entre João Alberto e uma funcionária do Carrefour na noite de quinta-feira (19). A vítima teria ameaçado bater na funcionária, que acionou a segurança da loja.

Os dois suspeitos pelo crime foram presos em flagrante. Um deles é policial militar e foi levado para um presídio militar. O outro trabalhava como segurança do supermercado e está em um prédio da Polícia Civil.

A investigação trata o crime como homicídio qualificado. A Polícia Civil informou que os nomes dos seguranças presos são Magno Braz Borges e Giovane Gaspar da Silva.

O primeiro resultado da necropsia realizada pela perícia indicou que João Alberto Silveira Freitas morreu por asfixia.

Em nota, o Carrefour lamentou o caso e disse que tomou providências para que os responsáveis sejam punidos legalmente.

FONTE: PLENO.NEWS

11 comentários:

  1. Isso justifica espancar até a morte????

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Lutar contra a esquerda é defender a nação contra os ladrões!
      Homem bater em mulher: ele tem apanhar de homem até sangrar.

      Excluir
  3. Possa ser que o uso da força excedeu o limite, mas que o safado merecia tomar umas porradas sim. O safado tinha antecedentes criminais e histórico de violência. Então as manchetes devem ser corrigidas, para "Homem com antecedentes criminais e violência contra mulher, é contido e infelizmente morre por golpe deferido pelos seguranças e vamos esquecer da hipocrisia de Racismo, pois se fosse qualquer outro de cor diferente teria sofrido o mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto tbm tenho essa opinião nao impota a cor o que ta em questão e que um homem queria agredir a funcionária e os seguranças estão sendo pagos pra proteger quem estiver sendo ameaçado. Infelizmente nao o tiveram coerência de so neutralizar o indivíduo

      Excluir
  4. Possa ser que o uso da força excedeu o limite, mas que o safado merecia tomar umas porradas sim. O safado tinha antecedentes criminais e histórico de violência. Então as manchetes devem ser corrigidas, para "Homem com antecedentes criminais e violência contra mulher, é contido e infelizmente morre por golpe deferido pelos seguranças e vamos esquecer da hipocrisia de Racismo, pois se fosse qualquer outro de cor diferente teria sofrido o mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Vagabundo, valentão teve o que mereceu.
    Se não houvesse ameaçado bater em uma mulher não teria apanhado.

    ResponderExcluir
  6. Tem que mostrar o vídeo na integra e não só a parte que o rapaz está sendo espancado, não podemos atribuir tudo a crime de racismo, se ouve um desentendimento entre o rapaz e uma fucionaria da empresa e ele ameacou espanca-la, , independente da cor, tinha que ser contido e conduzido a uma delegacia para ser atuado no crome de ameaça, os seguranças extrapolaram na ação de contenção e foram para o espancamento seguido de morte, esse foi o erro deles, exageraram, viraram manchete nacional, essa violência por parte dos seguranças não justifica a onda de protestos violentos e depredação do supermercado onde ocorreu o fato ou qualquer outro patrimônio, vidas importa, , independente de serem negras, brancas, pardas, amarelas, chega de hipocrisia

    ResponderExcluir
  7. Foi bem merecido a morte dele,bemm feito e ESSES que o mataram são uns HERÓIS.

    ResponderExcluir
  8. O valentão, na verdade, era um fracote. Não aguentou um simples pescoção. Foi tarde. Viveu até muito (40 anos).

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();