Funcionário dos Correios americano é preso com cédulas eleitorais no porta-malas do carro não entregues


Na terça-feira (3/11), os oficiais da alfândega encontraram com um funcionário dos “Correios dos EUA” mais de 800 cédulas eleitoras não entregues, incluindo algumas cédulas de ausentes. As cédulas foram encontradas no porta-malas de um carro no oeste de Nova York, em Buffalo, disseram as autoridades.

O procurador dos EUA, James P. Kennedy, Jr. anunciou que Brandon Wilson, 27, de Buffalo, NY, foi preso e acusado por ação criminal de atraso ou destruição de correspondência.

Wilson foi detido na Ponte da Paz, fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos, quando oficiais da Alfândega e Proteção de Fronteiras – “como parte de uma varredura de veículo CBP padrão” – pediram a ele para abrir o porta-malas de seu Chevrolet Impala 2016, de acordo com Brendan Boone, um agente especial do Escritório do Inspetor Geral do USPS.

“Este escritório está empenhado não apenas em garantir a integridade das correspondências, mas também nos direitos dos indivíduos de votar em uma eleição livre e justa”, declarou o procurador federal James P. Kennedy Jr. “A conduta criminosa com a qual este réu teria se envolvido, prejudicou ambos os interesses.”

FONTE: TERCALIVRE.COM.BR

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();