Doria diz que Vacina chinesa CoronaVac será aplicada mesmo sem aval da Anvisa, vacina ainda está em fase de testes


Governador de São Paulo afirmou que aguarda apenas aprovação de agências internacionais para promover aplicação

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a CoronaVac, imunização desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, pode ser aplicada na população mesmo sem aprovação formal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A declaração foi dada durante uma entrevista concedida à Rachel Sheherazade, do Metrópoles.

– Os critérios que a Anvisa tem são os mesmos de outras agências de vigilância sanitária que também estão avaliando a vacina CoronaVac nos Estados Unidos, na Europa, sobretudo na Ásia. Se essas agências validarem a vacina, ela estará validada independentemente da própria Anvisa – disse Doria.

A fala de Doria vai na contramão do que defende o presidente Jair Bolsonaro. Na quarta-feira (25), o líder federal afirmou que só espera a aprovação da Anvisa para comprar e distribuir gratuitamente as vacinas contra a Covid-19. A declaração foi feita durante um encontro com 150 empresário em um clube de São Paulo.

Na entrevista, o governador ainda acusou o governo federal de interferir na Anvisa para “prejudicar” o desenvolvimento da vacina e declarou que a agência “ganhou uma suspeita” por ter promovido a suspensão das pesquisas do imunizante por 24 horas.

– Há uma suspeita de que a Anvisa possa sofrer ingerências políticas do Palácio do Planalto e não ser uma agência independente como deve ser para gerir todo o processo sanitário do país – completou.

FONTE: pleno.news

Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();