Ashley, filha de Joe Biden, já foi presa por porte de maconha


Herdeira do democrata ainda teve problemas com a lei por consumo de álcool antes da maioridade

Hunter Biden não é o único filho do democrata Joe Biden a ter problemas com drogas, é isso que indica o passado da única filha mulher de Biden, Ashley Blazer, de 39 anos, que já se envolveu em problemas com entorpecentes no passado e chegou até a ser presa por porte de maconha enquanto estava na faculdade.

Ashley, que nasceu em Wilmington, maior cidade do estado de Delaware, é fruto do relacionamento de Joe com Jill Biden, com quem o político se casou em 1977. Ashley foi presa em Chicago, em 2002, por obstrução de autoridade, conforme relatado pelo Chicago Tribune à época. 

Hunter Biden não é o único filho do democrata Joe Biden a ter problemas com drogas, é isso que indica o passado da única filha mulher de Biden, Ashley Blazer, de 39 anos, que já se envolveu em problemas com entorpecentes no passado e chegou até a ser presa por porte de maconha enquanto estava na faculdade.

Ashley, que nasceu em Wilmington, maior cidade do estado de Delaware, é fruto do relacionamento de Joe com Jill Biden, com quem o político se casou em 1977. Ashley foi presa em Chicago, em 2002, por obstrução de autoridade, conforme relatado pelo Chicago Tribune à época.

Enquanto cursava a faculdade, ela foi presa por porte de maconha e teve problemas com a lei por consumo de álcool antes da maioridade (de 21 anos, segundo a lei dos Estados Unidos). A situação aconteceu em uma festa, onde ela estava com alguns amigos.

A “confraternização” foi interrompida quando, segundo um porta-voz da polícia da cidade, um dos amigos de Ashley jogou uma lata em um policial. Quando eles foram prendê-la, ela teria agredido outro policial. Ela foi detida, embora as acusações tenham sido rejeitadas depois que o grupo se desculpou com um juiz.

FONTE: PLENO.NEWS

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();