Em Pernambuco casos de covid-19 aumenta e mesmo assim Partido Solidariedade vai recorrer de decisão que proibiu aglomerações eleitorais


O deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade) disse a O Antagonista que seu partido vai recorrer da decisão do TRE de Pernambuco de proibir eventos eleitorais com aglomerações, em razão do aumento de casos de Covid-19 no estado, como noticiamos mais cedo.

“É uma decisão completamente equivocada. Eu não discuto com a ciência, mas não tem nenhum dado científico que justifique essa decisão. Pelo contrário, as escolas vão reabrir na semana que vem. Como é que pode uma decisão do TRE mudar tudo na reta final da campanha?”, comentou o deputado.

O TRE informou que ficam suspensos em todas as 184 cidades comícios, bandeiraços, passeatas, caminhadas, carreatas e similares, além de confraternizações e até eventos no modelo drive-thru foram vedados. A proposta, aprovada por unanimidade na noite de ontem, foi apresentada pelo próprio presidente do TRE-PE, desembargador Frederico Neves.

Leia também: Após proibir operações policiais contra traficantes em favelas, STF proíbe uso de helicópteros em operações policiais no Rio

“É natural que a decisão tem que ser cumprida. Mas vamos recorrer. Ontem, eu estive com o governador e ele me disse que não há indicativo algum de alta. Qual elemento técnico consistente para essa decisão? Não estou entrando no mérito. Mas não pode proibir assim”, argumentou Coutinho.

Em Recife, o Solidariedade está na coligação do candidato João Campos (PSB), filho de Eduardo Campos.

FONTE: CONEXAOPOLITICA.COM.BR

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();