Ex-ministro do governo Dilma é flagrado furtando cones no DF

Atualmente, Furlan ocupa cargo de assessor judiciário no STF, com um salário superior aos R$ 25 mil.

Um ex-ministro do governo Dilma Rousseff (PT) é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) por ter furtado dois cones de sinalização usados para isolar uma área ao lado de um prédio.

A 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro) apura o caso, que foi registrado na manhã do último sábado.

Fernando de Magalhães Furlan foi flagrado por câmeras de segurança do edifício colocando os objetos na mala de um carro, de acordo com o jornal Metrópoles.

Atualmente, ainda segundo o jornal, Furlan ocupa cargo de assessor judiciário no Supremo Tribunal Federal (STF), com vencimentos de R$ 25.362,38.

Durante o processo de impeachment de Dilma, em 2016, e o afastamento do então ministro Armando Monteiro Neto, Furlan assumiu interinamente o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comercio Exterior por cerca de um ano.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();