Bolsonaro entrega mais de 300 casas a famílias de baixa renda em Mossoró/RN

Entrega foi feita pelo Presidente Jair Bolsonaro e vai beneficiar mais de 1,2 mil pessoas

Ter moradia própria agora é uma realidade para 300 famílias de baixa renda de Mossoró (RN). Nesta sexta-feira (21), as unidades habitacionais foram entregues pelo Presidente Jair Bolsonaro no Residencial Mossoró I. O Ministério do Desenvolvimento Regional investiu R$ 18,3 milhões no empreendimento que vai beneficiar cerca de 1,2 mil pessoas.

Durante a cerimônia, o Presidente Bolsonaro, acompanhado de uma comitiva de ministros às famílias da cidade, realizou a entrega de chaves dos apartamentos a futuros moradores do residencial. E também visitou uma das contempladas na cidade, Janaína Vieira Alves.


O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, falou sobre o sentimento de ver perto a emoção de quem está sendo recebendo a moradia.


“A emoção de Janaína por si só justifica todo o trabalho que é feito pelo presidente e seus auxiliares. Não adianta o luxo, o glamour, a pirotecnia, se não estivemos tocando o coração das pessoas”, disse o ministro.

“Esse ano, no mês de julho, estamos comemorando, Presidente, a entrega, apenas na sua administração, de 600 mil unidades residenciais no Brasil”, afirmou Marinho.
O ministro Rogério Marinho adiantou que, na próxima terça-feira (25), será lançado o novo programa de habitação popular do Governo Federal. “Estaremos lançando o novo programa habitacional porque esse Presidente está preocupado com as pessoas mais humildes possam ingressar no sistema habitacional”, contou.

E completou: “Além disso, vamos apoiar fortemente os municípios, e os prefeitos aqui presentes fiquem atentos, na questão da regularização fundiária. Precisamos atacar uma situação que é muito ruim. Metade da população brasileira que mora em habitações no país não tem escritura pública. Há mais de 20 anos, apesar de ter uma legislação que trata do assunto, o Governo Federal não apoiou de forma consistente o trabalho de regularização fundiária. Mas esse governo vai fazer isso, vai apoiar”, explicou.

Apartamentos entregues

O Residencial Mossoró I tem 19 blocos de apartamentos. Cada unidade habitacional tem 39,05 metros quadrados divididas em dois quartos, cozinha, área de serviço, sala e banheiro. Todas os apartamentos podem receber pessoas com deficiência, sendo que 13 delas já foram entregues adaptadas. O valor médio do apartamento é de R$ 61 mil.

Além das 300 residências entregues nesta sexta-feira, outras 600 estão em construção no mesmo condomínio. As etapas II e III do Residencial Mossoró têm cerca de 95% das obras executadas. No total, para os 900 apartamentos, o investimento do Governo Federal federal é de R$ 54,9 milhões. Mais de 3,6 mil pessoas serão atendidas.

Investimentos em habitação popular

Ao longo de 2020, o Ministério do Desenvolvimento Regional investiu mais de R$ 1,18 bilhão do orçamento da União no programa de habitação popular. A maior parte desse recurso, R$ 912 milhões, foram usados na continuidade de obras de moradias para atender beneficiários da Faixa 1, que são grupos familiares com renda mensal de até R$ 1,8 mil.

Também foram entregues 212 mil residências do programa até o fim de julho. Destas, 26 mil para famílias que mais precisam. Além disso, mais de 189 mil unidades habitacionais foram contratadas para as Faixas 1,5, Faixa 2 e Faixa 3, financiadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).




FONTE:  agenciabrasil.ebc.com.br

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();