Advogados do Grande Debate da CNN são de grupo pró-PT

Bruno Salles já chegou a fazer postagem onde chamou apoiadores de Bolsonaro de "o que de mais atrasado há em nossa sociedade".

Uma relação curiosa entre três dos quatro últimos “rivais” do comentarista Caio Coppolla no quadro O Grande Debate, da CNN Brasil, chamou a atenção de usuários das redes sociais desde a última semana.


O motivo é que eles estão ligados a um grupo de advogados chamado “Prerrô”, um movimento que tem entre seus integrantes famosos defensores de criminosos do colarinho branco e que chama, em sua mensagem de apresentação, a prisão do ex-presidente Lula de “condenação sem provas”.
Em uma breve pesquisa pelo site do grupo, encontramos dois conhecidos nomes que encararam Coppolla em debates na CNN nos últimos meses, Gabriela Prioli e Augusto de Arruda Botelho, criminalistas que enfileiram a lista do movimento como colaboradores do projeto.
Além dos dois, que ficaram famosos por “pedirem para sair” dos debates contra Caio, o atual integrante, Bruno Salles, também faz parte do “Prerrô”, onde, em postagem no blog, já chamou os apoiadores de Bolsonaro de “o que de mais atrasado há em nossa sociedade”.

Diante de todos esses nomes, surgiu um questionamento, quem seria o coordenador deste grupo com tantos convidados na CNN? E não demorou muito para descobrirmos que na direção da iniciativa está o advogado especialista em Direito Público, Marco Aurélio de Carvalho, conhecido por defender figuras como Fábio Luis Lula da Silva, filho de Lula, e também o próprio PT.

Porém, que pensa que a proximidade de Carvalho com o partido se resume apenas ao campo jurídico, se engana. O nome dele já surgiu ao longo deste ano como um possível candidato do Partido dos Trabalhadores à Prefeitura de São Paulo. Se a possível candidatura tem alguma relação com o acesso de tantos advogados ligados ao movimento na tela da CNN Brasil, só o tempo dirá.

FONTE: PLENO.NEWS

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();