PERSEGUIÇÃO A CONSERVADORES: Alexandre de Morais STF manda Polícia Federal prender conservadora Sara Winter

A ativista CONSERVADORA Sara Winter foi presa na manhã desta segunda-feira (15) pela Polícia Federal sob ordens do Ministro do STF Alexandre de Moraes. De acordo com o advogado, Bertoni Barboza, o mandado de prisão expedido contra Sara é temporário e pode durar até cinco dias, sendo prorrogado por mais cinco.


Sara Winter é investigada em um inquérito inconstitucional do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre fake news e foi alvo de busca e apreensão no mês de maio. Apesar disso, o mandado de prisão autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, se deu devido uma investigação sobre financiamento de protestos antidemocráticos, conforme informou a rede social da ativista.
A ativista é líder do grupo '300 do Brasil' que esteve acampado na Esplanada dos Ministérios até a manhã de sábado (13), quando foi desmantelado sob forte truculência por policiais militares do Distrito Federal, a polícia de Ibanês disparou spray de pimenta durante oração do pai nosso que grupo fazia.

O acampamento estava em Brasília desde o fim de abril com o objetivo de manifestar apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

* Mais informações em instantes

FONTE: WWW.BRASILSEMMEDO.COM

Um comentário:

  1. Tá brincando? Chamando uma neonazista de "conservadora"? Acho que nem sabe o significado de conservadorismo político.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();