Alexandre de Moraes determina que redes sociais forneçam relatórios de monetização de páginas pró-Bolsonaro

Moraes determinou que Facebook, Instagram e YouTube enviem informações sobre monetização de sites.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou que redes sociais forneçam relatórios sobre pagamentos efetuados a páginas alinhadas ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

A medida é mais uma diligência do inquérito sobre organização e financiamento de “atos antidemocráticos”.


Moraes quer saber se os sites estão sendo remunerados por meio de publicações contrárias às instituições democráticas.

O magistrado determinou que as informações sobre a monetização das páginas sejam fornecidas pelas redes sociais Facebook, Youtube e Instagram.
Confira abaixo a lista dos alvos de Moraes em cada rede social.
FACEBOOK

  • Terça Livre;
  • Folha Política;
  • Foco do Brasil;
  • Alberto Silva;
  • Roberto Boni;
  • Vlog do Lisboa;
  • Nação Patriota;
  • Ravox Brasil;
  • Oswaldo Eustáquio;
  • Sara Winter;
  • Marcelo Razão;
  • Camila Abdo Calvo.



INSTAGRAM


  • Foco do Brasil;
  • Folha do Brasil;
  • Alberto Silva BR;
  • Terça Livre;
  • Vlog do Lisboa;
  • Nação Patriota Ofic;
  • Ravox Brasil;
  • Eustáquio Oswaldo;
  • Sara Winter;
  • Dr Frazão Marcelo;
  • Camila Abdo Calvo.

YOUTUBE

  • Folha Política;
  • Foco do Brasil;
  • O Giro de Notícias;
  • Terça Livre;
  • Vlog do Lisboa;
  • Universo;
  • Nação Patriota;
  • Ravox Brasil;
  • Oswaldo Eustáquio;
  • Sara Winter;
  • TV Direita News;
  • Direto aos Fatos;
  • Emerson Teixeira.

FONTE: RENOVAMIDIA.COM.BR

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();