No Pará, Neto abre caixão durante velório e descobre que corpo de avó foi trocado, a mulher foi encontrada viva no hospital.

Família da idosa de Belém (PA) percebeu que o corpo no caixão estava trocado; a mulher foi encontrada viva no hospital.

A família de uma mulher de 68 anos diagnosticada com Covid-19 percebeu durante o velório que o corpo no caixão era de outra pessoa. Apesar da emissão da certidão de óbito ter o nome de Maria da Conceição Oliveira, a idosa está viva e foi encontrada, após insistência da família, em um leito do Hospital Abelardo Santos, em Belém, no Pará.



Um dos netos da mulher descumpriu as recomendações das autoridades de saúde e abriu o caixão durante o velório, na sexta-feira (1º/5). Ao site de notícias G1, a família de Maria contou que desconfiou da morte da idosa após o funcionário da funerária falar características do corpo dentro do caixão.
Após perceberam que o corpo havia sido trocado, os familiares foram até o hospital. “Fizemos um escândalo na frente e entrou o neto dela. Ele teve que ver mais de 30 cadáveres, um por um, correu risco, e não encontrou a avó. Todo mundo dizendo que ela estava morta”, disse Tallya Fernandes, parente de dona Maria.



A família contou com a ajuda de uma enfermeira para encontrar o paradeiro da idosa. A funcionária chegou a fazer uma chamada de vídeo com os netos de Maria para comprovar que ela está viva. A família informou que registrou um boletim de ocorrência contra a unidade de saúde.

Fonte: correibraziliense.com.br


Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();