Moro armou o golpe desde o primeiro dia de governo e entrega a PF 15 meses de mensagens gravadas com Bolsonaro. (Veja o vídeo)

O ex-ministro Sérgio Moro está realmente disposto a detonar o governo de Jair Bolsonaro.

Antes de comparecer na sede da Polícia Federal em Curitiba, neste sábado (2), Moro cuidou de vazar para a grande mídia a informação de que tem esse dossiê com 15 meses de conversas com o presidente da República.

Segundo Guilherme Amado, da Revista Época, “Moro tem todo o histórico de seu WhatsApp gravado, antes e depois do ataque hacker de que foi vítima no ano passado, e nele áudios, conversas, links e imagens trocadas com o presidente”.
LEIA TAMBÉM: 

Justiça federal suspende nomeação de militar Capitão do Exército para comando da Funai

Ainda segundo a 'Época', todo o acervo está sendo entregue para a PF.

Fica a questão: Até onde mensagens trocadas através de aplicativo de WhatsApp podem servir como meio de prova?

De qualquer forma, a impressão que se tem é que durante todo o tempo que permaneceu no governo, Moro agiu de caso pensado, preparando o terreno para esse desfecho traumático.

Veja o vídeo:

Fonte: Revista Época

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();