Em plena Pandemia Rodrigo Maia tira o 13° do Bolsa Família proposto por Bolsonaro, Maia não pautou a MP que veio caducar assim perdendo validade

Bolsonaro enviou para câmara a MP para  que DETERMINARIA o pagamento do 13° do bolsa família anualmente, mas Rodrigo Maia deixou caducar após 120 dias. 

A medida provisória que determinaria de forma anual o pagamento do 13º salário do Bolsa Família deixou de valer e caducou  depois que Maia resolveu retaliar  Bolsonaro em meio a Pandemia, Maia deixou a MP caducar, assim perdendo a validade, com isso Maia está prejudicando Milhões de Brasileiros afim de prejudicar o Governo Bolsonaro.


O pagamento do décimo-terceiro foi instituído pelo presidente Jair Bolsonaro, atendendo uma promessa de campanha, e o valor foi pago no final de 2019.


A medida provisória, porém, trouxe a previsão apenas para o pagamento naquele ano, quando 13,5 milhões de famílias estavam inscritas no programa Bolsa família que hoje conta com mais de 14 milhões de beneficiados.

LEIA TAMBÉM: 

Em plena pandemia, Por 11 x 0 STF derruba lei municipal que proibia ensino de “ideologia de gênero”


A especificação de pagamento anual foi incluída pelo relator do tema no Congresso, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que determinava ainda a extensão a quem recebe o BPC (Benefício de Prestação Continuada).

O relatório foi aprovado no dia 3 de março pela Comissão Mista que analisou a MP, e seguiu para a Câmara. O texto precisaria ser aprovado pelo plenário das duas casas, mas não chegou nem sequer a ser votado na Câmara dos Deputados.


Fonte: r7.com

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();