Gastos com ex-presidentes chegam a R$ 60 milhões. Dilma e Lula são os que gastam mais

Adivinhem os dois que mais gastam

As despesas com mordomias e regalias para ex-presidentes da República incluem assessores, seguranças, carros oficiais e viagens internacionais, somam R$ 60 milhões, valor suficientes para comprar 300 ambulâncias UTI móvel. Ainda no começo desse ano, foram comprados 12 veículos novos, por R$ 108 mil a unidade, para os seis ex-presidentes.



Dilma Rousseff, impechmada em 2016, gasta em média R$ 1,6 milhão por ano. A maior gastança foi em 2017 – R$ 1,87 milhão, incluindo os salários dos assessores, seguranças e motoristas.

O ex-morador exclusivo de Curitiba, Lula, tem despesas médias de R$ 1,2 milhão, sem contar os 19 meses preso. Naquele período, as verbas foram cortadas, porém, foram mantidos os oito assessores, a um custo de R$ 1 milhão. Em 2014, o ano de maior gastança, Lula gastou R$ 1,4 milhão. Que por coincidência, foi o ano de reeleição de Dilma.



Fernando Collor, atualmente senador pelo PROS. Fernando Henrique Cardoso (PSDB) manteve média de R$ 880 mil. Michel Temer (MDB) gastou R$ 795 mil em 2019, o primeiro ano completo fora do Planalto. José Sarney (MDB) ficou na média de R$ 700 mil. Itamar Franco, faleceu em 2011.

Os valores acima foram reajustados pela inflação

Agora, o gasto total varia muito devido ao tempo que alguns têm como ex-presidentes, porque alguns foram desposados do Executivo há mais de 20 ou 30 anos, como os casos de José Sarney, Fernando Collor e FHC. Veja:

Na contramão, o deputado federal e líder do MBL, Kim Kataguiri (DEM-SP), protocolou o PL 850/2020 que suspende o benefício repassado para ex-presidentes durante o período de calamidade pública.

Fonte: Gazeta do Povo


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();