Freixo e esquerda vai à justiça para impedir que Ramagem assuma direção da PF


"O deputado federal Marcelo Freixo (Psol-RJ) afirmou que vai à Justiça para impedir que  o atual diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Alexandre Ramagem, assuma o cargo de diretor-geral da Polícia Federal após a queda de Maurício Valeixo. Ramagem foi, de fato chefe de segurança do então candidato Jair Bolsonaro. 

Adversários acusam Ramagem de ser amigo dos filhos do presidente, o que poderia facilitar o acesso a inquéritos contra a família.



O delegado, que tem cerca de 15 anos de carreira na PF, trabalhou na superintendência de Roraima e, no Rio de Janeiro, conduziu a operação Cadeia Velha, de 2017, que prendeu os então deputados estaduais do MDB Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi e foi responsável pelas investigações que prenderam Cabral.

Fonte: gazetadopovo.com.br

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();