Empresários pedem socorro para não falirem e Doria prorroga quarentena sem flexibilização até dia 22 de abril

Recordista em casos de morte e contágio pelo novo coronavírus em todo o País, o Estado de São Paulo ampliou a quarentena até o dia 22 de abril.
A medida foi anunciada pelo governador João Doria, e segue sem flexibilizações.
Doria afirmou que os prefeitos têm a obrigação de seguir a orientação e usar o “poder de polícia em caso de desobediência”.


LEIA TAMBÉM:

Cai número de mortes por coronavírus no Brasil e cura aumenta

“Nenhuma aglomeração de nenhuma espécie em nenhuma cidade ou área do estado de São Paulo será admitida.
As Guardas Municipais ou Metropolitanas deverão agir”, afirmou.
“Isso é constitucional, não é uma deliberação que pode ou não ser seguida. Ela deve ser seguida por todos os municípios do estado”, completou.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();