Bolsonaro proclama jejum para "livrar o Brasil do coronavírus"

Presidente afirmou que irá convocar o jejum a pedido de "evangélicos e católicos".

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quinta-feira (2), que em breve ele irá pedir, junto a pastores, um dia de jejum a todo o povo brasileiro para que o Brasil “fique livre” do coronavírus “mais rápido possível”. 


A declaração foi dada durante uma entrevista ao program Os Pingos nos Is, da Rádio Jovem Pan.

Bolsonaro falava sobre o combate ao coronavírus no Brasil.

LEIA TAMBÉM: 

Após causar desempregos em massa,Witzel se comporta como ditador e ameaça prender quem não cumprir isolamento

LEIA TAMBÉM: 

Em meio à pandemia de Coronavirus, governador da Paraíba crítico de Bolsonaro destina R$ 7,5 milhões à Secretaria de Comunicação para fazer publicidade de seu governo


– Vamos fazer nossa parte e vencer essa batalha se Deus quiser. Vamos levar no mínimo um ano para voltar ao que éramos em janeiro desse ano. O Brasil tem um potencial muito grande. Tem uma equipe de ministros muito boa que tem tudo para dar certo, que trabalham incessantemente. Vai certo o Brasil, tenho fé em Deus –

Depois, ele adiantou que irá pedir o jejum, junto a outros religiosos, em breve.

– Inclusive, me permite, Augusto Nunes, eu sou católico, minha esposa é evangélica. Estou pedindo um dia de jejum para quem tem fé. Então vamos brevemente, junto com pastores, padres e religiosos, anunciar e pedir um dia de jejum para todo o povo brasileiro. Em nome de que o Brasil fique livre desse mal o mais rápido possível – ressaltou.

Ao final do programa, Bolsonaro voltou a falar sobre o jejum.



– Paz e tranquilidade para quem tem fé. Papai do Céu está conosco, acredito em Deus. Vamos brevemente, de acordo com decisão de evangélicos e católicos, vamos marcar um dia de jejum de todo o povo brasileiro para a gente ficar livre desse mal o mais rápido possível – concluiu.

Fonte: pleno.news.com

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();