Senador com Coronavirus diz que “abraçou meio Congresso”

Nelsinho Trad integrou a comitiva do presidente Jair Bolsonaro aos EUA.

Um dos políticos brasileiros diagnosticados com coronavírus, o senador senador Nelsinho Trad (PSD-MS) informou neste sábado que, antes de saber que estava com Covid-19, “abraçou meio Congresso”. Ele chegou de viagem dos Estados Unidos nesta semana junto com a comitiva do presidente Jair Bolsonaro.

O teste foi realizado após o secretário de Comunicação da Presidência (Secom), Fabio Wajngarten, ter sido diagnosticado com a doença. Ele também integrou a comitiva do governo brasileiro.

Trad participou de uma reunião no Senado na quarta-feira (13) para tratar da crise do coronavírus no país. Em entrevista ao jornal O Globo, o parlamentar explicou a situação.


– Eu abracei meio Congresso. Você entra lá dentro, vindo de uma viagem internacional, e acaba abraçando os caras. A gente gosta deles. 
Eles gostam da gente. A gente abraça, pergunta como foi [a viagem]. Estive com Rodrigo Maia, com Davi Alcolumbre, com Paulo Guedes, com Mandetta, com Ramos, numa reunião em que falei que deveríamos tomar providência e ter disciplina. Não precisamos esperar morrer um para depois fazer o que tem de fazer – explicou.

O parlamentar disse ter certeza de que pegou a doença do chefe da Secom.


Além de Wajngarten e Nelsinho Trad, outros dois integrantes da comitiva também foram diagnosticados com Covid-19: o futuro embaixador do Brasil nos EUA, Nestor Forster, e a advogada de Jair Bolsonaro, Karina Kufa.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();