PM Gabriel Monteiro chora e anuncia: “Tiraram meu porte de arma e serei expulso da PM, posso morrer a qualquer momento” (veja o vídeo)

O policial militar e Youtuber Gabriel Monteiro, em vídeo publicado em seu canal do Youtube, fez um grave desabafo e anunciou sua possível expulsão da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ).

Gabriel afirmou que já tiraram o seu porte de arma e sua ‘farda’. Provisoriamente o PM não trabalhará mais nas ruas e está submetido a um conselho que provavelmente irá expulsá-lo da corporação.

“Isso choca, choca muito meu sentimento porque eu amo ser policial militar”, disse o PM emocionado.



Visivelmente entristecido, o Youtuber salientou que será expulso da PMERJ por ter denunciado e questionado em um de seus vídeos o coronel reformado da PMERJ Ibis Pereira, pela sua suposta ligação com a facção criminosa Comando Vermelho.

“Não dá pra entender como a Corregedoria não faz nada”, lamentou Gabriel.
Coronel é filiado ao PSOL e tem ligações estreitas com a cúpula psolista, como Marcelo Freixo e Guilherme Boulos.

Segundo Gabriel, Ibis Pereira foi flagrado no “coração do Comando Vermelho” conversando pacificamente com líderes da facção. O lugar em questão onde qualquer outro policial seria morto ao chegar perto.

Gabriel pediu no vídeo para todos levantarem a hashtag #somostodosgrabrielmonteiro.

Veja Gabriel Monteiro entrevistando o coronel:
Gabriel Monteiro falou também que já sofreu diversas tentativas de assassinato por parte do Comando Vermelho e agora sem sua arma está correndo um sério risco de vida.


“Podem fazer tudo comigo, mas tirar a minha dignidade não! [...] Não vão tirar a integridade de uma pessoa que verdadeiramente é policial, Enquanto restar minha vida e enquanto Deus permitir que eu esteja nesta terra, eu vou combater os coronéis corruptos”, desabafou o PM.
E finalizou…

“Que Deus esteja comigo.”

CONFIRA:

Fonte: jornaldacidadeonline.com.br


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();