Para beneficiar DILMA: STF anula processo contra ex-presidente sobre pedaladas em Pasadena

Após prejuízo bilionário, a Corte teve um “novo entendimento” sobre caixa dois e corrupção.

O Supremo Tribunal Federal (STF) anulou, nesta segunda-feira, um processo contra a ex-presidente impeachmada, Dilma Rousseff, sobre os crimes de responsabilidade fiscal cometidos na refinaria de Pasadena.

O Tribunal deve uma mudança de entendimento sobre os crimes cometidos por Dilma na época: caixa dois e corrupção. E que, por fim, causou um prejuízo bilionário aos cofres públicos.


O crime de responsabilidade fiscal se caracterizou quando a presidente ignorou pagar valores devidos à compra da refinaria, através da Petrobras, para incorporar caixa no fim do ano e “maquiar” dados econômicos do governo em relatórios. 

A manobra foi entendida como ilegítima, abrindo precedente para o processo de impeachment.

No momento, Dilma ainda não se pronunciou sobre a decisão da Corte. Ela está em tour pela Europa com Fernando Haddad, o ex-presidiário Lula e oito assessores, tudo custeado com o dinheiro do pagador de impostos. Atualmente ela está na cidade de Paris, na França.



Uma mudança de entendimento livrou a maior culpa pelo prejuízo e uma das maiores crises no país.

Fonte: mbl.org


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();