Hospital reconhece que Borracheiro não morreu de Coronavirus e que preencheram atestado de óbito errado

Reportagem publicada ontem pelo UOL mentiu ao classificar como mentira a história
de um borracheiro em Pernambuco que teve a causa da morte atestada de forma equivocada como sendo por covid-19, o borracheiro faleceu em decorrência de acidente quando trocava um pneu, o pneu veio a estourar e o mesmo foi internado onde adquiriu uma pneumonia,o exame deu negativo para covid-19.

A pasta informou que a certidão de óbito do homem, de 57 anos, que circulou nas redes sociais neste fim de semana foi preenchida como causa da morte covid-19.



O assunto ganhou as redes sociais no fim de semana, gerando uma série de postagens e compartilhamentos sobre a morte do borracheiro que supostamente ocorreu após um acidente com um pneu que estourou em seu rosto, mas que havia sido registrada como em decorrência de covid-19. 
LEIA TAMBÉM: 

R$ 242,4 bilhões é o valor do desvio de verbas da Saúde na gestão do PT Lula e Dilma


A informação, entretanto, é verdadeira ,ele morreu em decorrência do acidente causado ao trocar um pneu ele veio a se internar e contraiu uma pneumonia severa. Segundo a secretaria, no último dia 23 de março, o Hospital Maria Lucinda registrou a morte do paciente que ficou internado por dois dias.


A nota diz que "a declaração de óbito, assinada pela médica que acompanhou o paciente na unidade de saúde, colocou três possibilidades para a morte: síndrome respiratória aguda, covid-19 e pneumonia comunitária não especificada",exames feitos no paciente deu negativo para covid-19, posteriormente ao óbito foi feito outro exame e deu negativo para covid-19.



"A vigilância epidemiológica testou as amostras do paciente e o resultado foi negativo para covid-19 e positivo para influenza A", explicou a secretaria. Ou seja, ele não morreu nem em decorrência do coronavírus.



A deputada estadual Clarissa Tércio foi a casa dos familiares da vítima.

ASSISTA:
O erro ou fraude só foi reconhecido e corrigido depois que a notícia viralizou nas redes sociais, como não foi mais possível esconder a história, devido relatos da família, o hospital voltou atrás e reconheceu que a morte foi causada por influenza A.

Mas porque muitos hospitais estão inflando os números de mortos pelo covid-19 o que eles ganham com isso?

Especialistas no assunto afirmam que essa tática é usada para por governadores e prefeitos para adquirirem recursos para suas cidades no intuito de fazer caixa e usarem provavelmente nesse ano de eleições municipais, médicos já denunciaram que foram orientados em São Paulo a colocar causa de morte como Covid-19 para todas as mortes por causa indefinida como infarto, AVC,etc, decisão foi autorizada pela secretaria de saúde do governo Dória.

Fonte: UOL.com.br

Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();