China doa a Tchecos testes rápidos de coronavírus com defeitos, testes dão negativos para pacientes positivos do covid-19

Cerca de 80% dos testes rápidos de coronavírus que a China doou para a República Tcheca estão com defeito, segundo relatos da imprensa internacional.

Um médico da região da Morávia-Silésia, que faz fronteira com a Eslováquia e a Polônia, disse sobre o teste que “a taxa de erro foi bastante alta”. Segundo o site de rádio tcheco iROZHLAS, a higienista regional Pavla Svrcinova disse que os testes dão resultados falso-positivos e falso-negativos.



Ela sugeriu que os testes sejam usados ​​apenas em pessoas que estão encerrando sua reclusão relacionada ao vírus e que nunca foram testadas.

Outro canal, o Taiwan News , informou que a China “deu a impressão de que o regime comunista estava doando 150.000 kits rápidos e portáteis de teste COVID-19” quando, na verdade, eles cobraram cerca de US$ 500.000. A China está sendo criticada mundialmente po resconder e depois mentir sobre o coronavírus que começou em Wuhan.

Eles tentaram responder aos ataques com doações,ofertas de ajuda aos países afetados e uma acusação falsa de que os Estados Unidos teriam plantado o vírus.
FONTE:PLENO.NEWS




Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();