Bolsonaro abre o jogo e diz que tem provas de que foi eleito no 1º turno e que houve FRAUDE em 2018 (veja o vídeo)


O sistema de urnas eletrônicas só existe em dois países: Brasil e Venezuela.

Existem inúmeras acusações fundamentadas contra as urnas eletrônicas, mas o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) insiste no sistema.

Esta semana, em Brasília reuniu-se a “Frente Parlamentar Mista pela Contagem Pública dos Votos”.

O deputado Daniel Silveira, um dos coordenadores do movimento, disse textualmente que as eleições de 2018 foram fraudadas e a vitória só não escapou de Jair Bolsonaro porque a diferença era muito grande.


“A margem com a qual o presidente Bolsonaro ganhou as eleições foi pequena, o que seria impossível matematicamente, pois, pelo clamor popular, ele venceria com uma margem muito maior, ou seja, essas eleições foram fraudadas, mesmo com a vitória, eles só não conseguiram abrir uma margem grande de diferença”.
Nesta segunda-feira, o próprio presidente manifestou a sua preocupação e garantiu ter provas de que foi eleito no 1º turno e de que houve fraude na eleição de 2018.
Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (9), em Miami, que em breve apresentará evidências de que teria vencido as eleições de 2018 já no primeiro turno se não tivesse ocorrido algum tipo de fraude, em mais um movimento que põe em dúvida uma das instituições democráticas do País.

“Minha campanha, eu acredito que, pelas provas que tenho em minhas mãos, que vou mostrar brevemente, eu tinha sido, eu fui eleito no primeiro turno, mas no meu entender teve fraude. E nós temos não apenas palavra, nós temos comprovado, brevemente eu quero mostrar, porque nós precisamos aprovar no Brasil um sistema seguro de apuração de votos. Caso contrário, passível de manipulação e de fraudes.”, afirmou para uma plateia de apoiadores em Miami.

Veja o vídeo:

Fonte:  jornaldacidadeonline.com.br
              R7.com

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();