Feliciano é expulso do Podemos por apoiar irrestritamente o Presidente Bolsonaro

'Ser expulso por apoiar Bolsonaro é motivo de orgulho', disse o deputado.

O deputado Marco Feliciano se manifestou a respeito de sua expulsão do Podemos, nesta segunda-feira (9). A decisão tomada pelo partido foi unânime, com oito votos.

– Ser expulso de um partido por apoiar o presidente Bolsonaro é para mim motivo de orgulho. Por isso aceito a decisão. Contudo, saliento que se tratou de um processo de exceção, onde sequer fui intimado a me defender. Os motivos elencados pelo partido para me expulsar são todos mentirosos. Afinal, se fossem verdade, teriam que expulsar quase todos os deputados federais, pois como eu pediram à Câmara ressarcimento de gastos em saúde – declarou o parlamentar.


A expulsão se originou de acusações, que consideraram gastos com um tratamento odontológico reembolsados pela Câmara, apoio irrestrito ao presidente Jair Bolsonaro, comentários sobre o cantor Caetano Veloso, entre outras acusações.
– Nesse sentido, afirmo que jamais cometi qualquer irregularidade na minha vida pública, e quem disser ao contrário será devidamente processado civil e criminalmente. Por fim, deixo claro que tudo isso é uma trama do presidente estadual do Podemos, Mário Covas Neto, que colocou o partido a reboque dos interesses de seu parente Bruno Covas – disse ainda.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();