Com retroescavadeiras, prefeitura do Rio retira cancelas da Linha Amarela e libera pedágio


Marcelo Crivella determinou a derrubada de todas as cancelas.

A Prefeitura do Rio de Janeiro notificou neste domingo (27), o rompimento unilateral do contrato de concessão da Linha Amarela à Lamsa, que administrava a via expressa.

A primeira determinação do prefeito Marcelo Crivella foi a derrubada de todas as cancelas que impediam a passagem dos veículos sem que houvesse o pagamento de pedágio. Para isso foram usadas retroescavadeiras.


A medida já havia sido publicada no Diário Oficial de sexta-feira e a notificação garante o fim imediato da concessão. A administração da Linha Expressa passa para a Secretária Municipal de Transportes.
Durante a operação ainda foram descaracterizadas as cabines de cobrança, com desligamento de energia pela RioLuz, e sensores e câmeras foram inutilizados.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();