TV Record afasta Jornalista que defendeu bandido em assalto

A direção da TV Record Cabrália Bahia decidiu afastar a apresentadora Lo-Hanna Magnavita, que se envolveu na terça-feira em uma confusão com um Policial Militar no bairro Conceição, na cidade de Itabuna. Um vídeo feito pela jornalista foi postado por sites baianos e de fora do estado e teve uma repercussão muito grande nas redes sociais. A emissora não esclareceu se o afastamento é definitivo.

No vídeo, a apresentadora e o marido discutem com um PM, mais tarde identificado como Sakuyama, lotado no 15º Batalhão de Itabuna, que teria agido para evitar um roubo em um supermercado do bairro. Lo-Hanna e o marido repreendem o policial que, segundo eles, teria cometido excesso. O PM estava à paisana e armado, o que é autorizado pela lei. A discussão é no meio da rua e acaba em violência. O PM diz que agiu para evitar o roubo e que aquele é o trabalho dele, mas, a jornalista insiste que houve excesso da parte do policial, segundo ela por ele estar armado. Lo-Hanna chega a dizer que o que o PM fez foi pior do que o ladrão fez.



A certa altura da confusão, o policial guarda a arma no bolso e reage a xingamentos, acertando um soco no marido da jornalista, que tenta reagir, mas ouve-se o tempo todo ela dizendo para ele não bater no PM, para não se igualar a ele. O vídeo registra o momento em que o policial tenta tirar o celular da mão de Lo-Hanna e o aparelho cai. Ela pede que alguém chame a polícia. O vídeo termina sem que se saiba o que ocorreu depois. Até agora nenhum veículo de comunicação falou sobre isso.

O episódio teve repercussão nacional e através da rede social muitas pessoas cobraram uma postura da Rede Record.

A notícia e o vídeo viralizaram na internet e repercutiram nacionalmente. Nas redes sociais a esmagadora maioria se posiciona ao lado do PM, considerando que a jornalista e o marido interferiram em uma ação correta, teriam ofendido o policial, em defesa do ladrão e ainda colocaram em risco as próprias vidas e a de terceiros, já que se o PM não tivesse controle poderia ter agido de outra forma, já que estava armado. 

As reações são de todo o tipo, incluindo xingamentos, ameaças e palavras de baixo calão. Por outro lado, também um número considerável de internautas pedem rigorosa apuração do que teria sido excesso do PM e da agressão relatada pelo casal.


O BLOG tentou falar com o Departamento de Comunicação Social da Polícia Militar da Bahia e com a TV Cabrália para saber os respectivos posicionamentos oficiais sobre o episódio, mas não obteve sucesso. A dispensa de Lo-Hanna Margnavita foi confirmada por uma postagem da emissora no Facebook respondendo a um internauta. Na resposta, o perfil Record TV Cabrália Bahia diz: “Ela já foi afastada!”

Tentamos também contato com ela, mas, informações de pessoas próximas dizem que ela não está atendendo ninguém e teria, inclusive, desabilitado o aplicativo WhatsApp.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();