Presidente da França Macron, Gisele e Leonardo Di Caprio publicam foto antiga do ano 2003 para criticar queimadas na Amazônia


Presidente francês, modelo e ator postaram a mesma imagem nas redes sociais para criticar queimadas na região. Fotógrafo autor da imagem morreu em 2003.

O presidente da França, Emmanuel Macron, a modelo Gisele Bündchen e o ator Leonardo Di Caprio usaram uma imagem bastante antiga de um incêndio na Amazônia para criticar nesta quinta-feira  as queimadas que ocorrem na região equesaão manipuladas pela imprensa.



A imagem foi feita pelo fotógrafo americano Loren McIntyre, que morreu em 2003. Ele esteve na Amazônia em expedições na década de 70, quando trabalhou para a "National Geographic".

McIntyre publicou um livro na década de 90 sobre a Amazônia. A imagem está à venda no banco de imagens Alamy.

No tuíte, Macron disse: "Nossa casa está queimando. Literalmente. A Amazônia, o pulmão do nosso planeta, que produz 20% do nosso oxigênio, está em chamas. É uma crise internacional. Integrantes do G7, vamos nos encontrar em dois dias para falar dessa emergência".



O presidente brasileiro Jair Bolsonaro rebateu. Também no Twitter, disse que Macron busca "instrumentalizar uma questão interna do Brasil" para "ganhos políticos pessoais" e criticou o "tom sensacionalista" sobre a Amazônia. E reforçou que o francês se refere à Amazônia "apelando até p/ fotos falsas".



Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();