MP pede prisão de Pimentel e cobra indenização de R$ 5 milhões


O Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais pediu à Justiça em Belo Horizonte a prisão do ex-governador Fernando Pimentel (PT) pelo crime de falsidade ideológica para fins eleitorais, além do pagamento de uma indenização aos cofres públicos no valor de R$ 5 milhões.
A ação penal contra o ex-governador Fernando Pimentel é um dos processos em desdobramento da operação Acrônimo, desencadeada em 2014 pela Polícia Federal e que tem o petista como o principal investigado.


Informações: R7


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();