Posse de Bolsonaro dobra taxa de ocupação de hotéis em Brasília

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Distrito Federal, a ocupação dos hotéis em Brasília está em torno de 70%, podendo subir para 90% até a data da posse de Jair Bolsonaro.


Em média, a ocupação na cidade durante o final do ano varia de 17% a 20%.

A cerimônia de posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, aumentou a movimentação no setor hoteleiro do Distrito Federal. Segundo a Abih-DF (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Distrito Federal), a ocupação está em torno de 70%, podendo subir para 90%.

Normalmente, a média de ocupação dos hotéis em Brasília no final do ano varia entre 17% e 20%. De acordo com Jael Antônio da Silva, presidente do Sindhobar (Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes do Distrito Federal), a capital federal tem 16.000 quartos de hotel, que abrigam mais de 24.000 pessoas.


O governo do Distrito Federal estima 1 comparecimento de 250 mil a 500 mil pessoas para o ato de início do governo Bolsonaro.

“Essa ocupação retrata o início de 1 novo partido, novas equipes. Então é normal haver 1 interesse dos países estarem presentes”, diz a presidente regional da Abih-DF, Adriana Pinto.

COMO SERÁ A POSSE DE BOLSONARO
A posse de Jair Bolsonaro como presidente da República está marcada para 1º de janeiro de 2019.

A previsão é de saída da Granja do Torto às 15h em direção ao Palácio do Planalto. Haverá 2 paradas: na Catedral e Congresso, onde será recebido pelos presidentes das duas Casas. À noite, o militar participará de 1 baila de gala no Itamaraty.


Segundo o Gabinete de Segurança Institucional, itens como mochilas, bolsas e carrinhos de bebê não poderão passar pela revista dos policiais. Também não serão permitidos ambulantes.

Os presentes poderão levar pacotes pequenos de alimentos, como biscoitos e salgadinhos e ao longo da caminhada serão disponibilizados postos de atendimento médico e de oferta de água.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();