Evo Morales ameaça obras sociais de igrejas na Bolívia

Governo decretou pagamento de “dupla bonificação”, que compromete finanças das organizações.

A Conferência Episcopal da Bolívia (CEB) se mostrou preocupada com um decreto do presidente Evo Morales, que obriga as igrejas a pagar “dupla bonificação” de Natal. Dessa forma, o sustento das obras sociais pode ser comprometido.

“Com a obrigação do pagamento da dupla bonificação, muitas obras sociais da Igreja Católica na Bolívia estão em risco. Há igrejas que correm o risco até de serem fechadas por falta de recursos econômicos para cobrir todos os custos”, disseram os bispos em comunicado.


Os valores arrecadados com a dupla bonificação vão para os trabalhadores do setor público e privado, sempre que o país supera em 4,5% no crescimento econômico.Este ano, o crescimento chegou a 4,61%, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística da Bolívia.
O CEB, porém, alega que “as obras sociais da igreja são obras de serviço” e não visa lucro algum. Os bispos explicaram que valorizam qualquer medida que beneficia os trabalhadores e desejariam realizar este pagamento para colaborar com suas famílias, já que eles ajudam os setores vulneráveis ​​da população.

“Em nossas casas, escolas e centros de saúde não temos sequer recursos econômicos suficientes para cobrir as necessidades da população atendida e realmente é impossível cobrir a segunda bonificação, pois são obras por si mesmas deficitárias”, esclareceram. No último ano, o governo socialista boliviano, vem tentando mudar várias leis, prejudicando o funcionamento de igrejas evangélicas e católicas no país.



Um carta foi enviada ao Ministério da Fazenda, pedindo para que o governo cancele a obrigatoriedade desse pagamento. Até o momento não houve nenhuma resposta por parte das autoridades.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();