Repórter de ‘O Globo’ relata que foi agredido por segurança de Lula

De acordo com o jornal, profissional foi alvo de violência ao se recusar a apagar imagens que havia feito de seguranças atacando manifestantes anti-PT.


O repórter Sérgio Roxo, do jornal O Globo, relatou que foi agredido na tarde desta segunda-feira por um segurança de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Francisco Beltrão, no Paraná, por onde o ex-presidente passou durante a caravana que faz pela Região Sul do país. A agressão, segundo o jornal, ocorreu nos arredores do aeroporto da cidade, pouco depois de o petista ter embarcado para Foz do Iguaçu.
De acordo com O Globo, seguranças da caravana agrediram com chutes manifestantes que protestavam contra Lula. Ao perceberem que Roxo havia filmado a cena, pediram para ele apagar as imagens. Diante da negativa, um dos seguranças deu um soco no ouvido do repórter. Os homens deixaram o local com o restante da comitiva.


A assessoria de imprensa do ex-presidente afirmou que está apurando o que aconteceu.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();