Deputada Maria do Rosário votou contra intervenção no Rio, os traficantes precisam de diálogo e não do exército com armas,disse

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) diz que o decreto não trata de segurança pública, mas cria um estado de exceção. 

O PT segue o voto da deputada, sendo assim contra a atuação do exército no Rio de Janeiro.

8 comentários:

  1. Intervenção na ALERJ, Tribunal de Contas, Governo do Estado, etc.

    ResponderExcluir
  2. Bota essa rapariga pra dialoga com os traficantes.

    ResponderExcluir
  3. Falso.
    http://www.e-farsas.com/maria-do-rosario-votou-contra-intervencao-militar-no-rio-de-janeiro.html

    ResponderExcluir
  4. Mds que mulher mais impugnante viu, manda mata uma desgraça dessa ����

    ResponderExcluir
  5. Essa sem noção, no mínimo deve estar na lista de pagamento dos traficantes. Quem defende muito, vagabundo é porque é vagabundo também...

    ResponderExcluir
  6. tem que aniquilar esses vagabundo tudinho, e taca bala nessa rapariga

    ResponderExcluir
  7. Concordo com a deputada Maria do Rosário no tocante ao diálogo. Então é só colocar a deputada vestida com a farda da PM e com um colete balístico escrito na frente desse colete "Diálogo" andando morro a morro do Rio do Janeiro dialogando com os bandidos para eles entregarem as armas e as drogas. Juntamente com ela pode ser enviada para esse dialogo uma comitiva do PT, PSOL e PCdoB.

    ResponderExcluir
  8. Ela estava drogada, e mexer com os funcionários dela ai ofende ela,e os que votaram em solidariedade aos traficantes dos morros do Estado do RJ que andam com .30 e .50

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();