Líder do PT usa verba pública para ver Lula

Mais uma vez, Carlos Zarattini pendurou na Câmara os gastos de viagem para acompanhar um ato de Lula.

Então líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP) usou dinheiro público para bancar suas despesas durante um ato com o ex-presidente Lula. O deputado viajou para o Rio de Janeiro e pendurou a diária do hotel e notas fiscais de táxi na chamada “Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar”. Como o próprio nome diz, a verba é destinada ao reembolso dos gastos referentes ao mandato dos deputados — especialmente em suas bases eleitorais, como por exemplo, pagar o aluguel de escritório político e passagens aéreas de Brasília para o seu estado. No dia 8 de dezembro, Zarattini hospedou-se no Prodigy Santos Dumont às 16h40, horas antes de subir ao palanque na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) — ao lado de Lula. O próprio parlamentar transmitiu o evento em sua página no Facebook, além da divulgação feita pelos sites e blogs que monitoraram a “caravana” do ex-presidente.


As notas fiscais das despesas estão disponíveis no site da Câmara. A diária no hotel custou 263,86 reais. Os valores de uso de táxi somam 607 reais.

O artigo 1º do Ato da Mesa Diretora número 43, de 21 de maio de 2009, estabelece que: “Fica instituída a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar – CEAP, destinada a custear gastos exclusivamente vinculados ao exercício da atividade parlamentar“.

Qual era a atividade parlamentar de Zarattini ao lado de Lula naquela data? Aliás, não foi a primeira vez. No ano passado, o deputado fretou um jatinho até o Rio Grande do Sul com a mesma finalidade: acompanhar um ato político do ex-presidente.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();