Quando Aecio Neves parecia honesto, o PT o atacava, agora que Aecio parece bandido, o PT defende

Os petistas já começam a organizar um movimento para defender Aécio Neves da decisão do Supremo que o afastou do mandato.

O objetivo, claro, é defender Lula de uma possível condenação em segunda instância na Lava-Jato, o que faria com que o ex-presidente ficasse de fora das eleições de 2018.
O líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini, foi à tribuna chamar o governo Temer de "covarde" pelo silêncio diante do caso.

Wadih Damous, um dos maiores críticos da Lava-Jato no Congresso e integrante da linha de frente da tropa de choque de Lula, disse ao próprio site do PT que "a decisão do Supremo significa uma ingerência na política absolutamente indevida".
Diz Wadih Damous, querendo revestir de técnica a sua posição:

— Considero Aécio Neves, juntamente com Michel Temer, uma das piores figuras da República e da história do Brasil. Aécio Neves não tem nada de bom e ele, se de fato sair da vida pública, será um ganho para a cidadania brasileira. Dito isso, eu quero dizer que não concordo com essa decisão do STF. Ao contrário desses tucanos que são lamentáveis, medíocres e vingativos, eu não fico batendo palma para decisão arbitrária, como, por exemplo, eles fizeram ontem com José Dirceu.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();