Traficantes colocam faixa e ameaçam atirar em moradores que sujarem comunidade

Faixa que diz "Lixo no chão, tiro na mão" foi colocada na favela do Sapo.
Uma faixa colocada na favela do Sapo, em Senador Camará, zona oeste do Rio, intimida os moradores a não jogarem lixo nas ruas. O recado seria do grupo que controla o tráfico de drogas na comunidade. A notificação, de "ordem superior" como aponta o cartaz", diz que o morador que desobedecer a ordem e jogar lixo ou entulho no chão será punido com um "tiro na mão". As exceções são terças e quintas à noite, como informa a mensagem.

Uma foto da faixa foi publicada em uma rede social e está causando polêmica. Para o especialista em segurança Paulo Storani, o recado só comprova a relação de medo existente entre tráfico e morador.

— É a comprovação da forma como os criminosos, tanto os traficantes como os milicianos, agem sobre a comunidade, coagindo por meio de ameaças explicitas, como essa, ou veladas. Pelo medo eles conseguem mobilizar a comunidade.


A Polícia Civil afirmou que o caso vai ser investigado pela delegacia da área. AComlurb informou que realiza coletas diárias na região.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();