Rocha Loures, ex-assessor de Temer, é preso em Brasília pela Polícia Federal

O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) foi preso na manhã deste sábado. A informação foi dada pela Polícia Federal e divulgada pelo G1.
Rocha Loures foi assessor especial do presidente Michel Temer. 

O mandado de prisão foi assinado na noite desta sexta pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR).

A prisão preventiva (antes da condenação) foi em Brasília e o ex-deputado foi levado para a Superintendência da PF no Distrito Federal.

Em março, Rocha Loures foi flagrado recebendo em São Paulo uma mala com R$ 500 mil que, segundo delações de executivos da JBS no âmbito da Operação Lava Jato, seriam dinheiro de propina.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();