Senador Valdir Raupp do PMDB réu na Lava Jato chora em audiência com Fachin

O senador  Catarinense Valdir Raupp (PMDB-SC), que é réu na Lava Jato, teria chorado durante audiência com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. 

Raupp é acusado de receber propina disfarçada como doação oficial de campanha. Ele admitiu repasse de R$ 500 mil das empreiteiras Queiroz Galvão e Vital Engenharia. De acordo com o parlamentar, as doações eram transparentes e legais.
Porém, segundo a Procuradoria-Geral da República, há indícios de pagamentos de vantagens ilícitas das empreiteiras em troca de favorecimento em obras da Petrobras. A PGR se baseou nas delações premiadas do ex-diretor da Petrobas Paulo Roberto Costa, e do operador Fernando Baiano.

O senador pode ter cometido os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, disse Fachin Ministro do STF.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();