Ginecologista se recusa a atender travesti e é preso

Uma consulta rotineira ao ginecologista acabou com a prisão em flagrante delito de um médico do Hospital Municipal Doutor Helder na tarde desta sexta-feira.

CONFIRA TAMBÉM: "Esposa de Dilma Roussef " desviou R$ 45 milhões para campanhas de Dilma de 2010 e 2014, diz Delcídio Amaral em Delação Premiada

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, o fato se deu porque o ginecologista se recusou a atender um travesti, ambos que não tiveram as identidades reveladas, alegando que o paciente era homem.


Revoltado com a resposta, o paciente começou a filmar o ocorrido e chamar a atenção dos presentes, alegando que estava sendo vítima de preconceito.
No vídeo, que foi anexado ao inquérito policial, é possível ver a vítima dizer que a recusa em atendê-la é “um preconceito absurdo”.


O doutor foi preso em flagrante acusado cometer crime de homofobia, mas pagou fiança e vai responder em liberdade.

39 comentários:

  1. Tá certo dr, homem no ginecologista pra fazer oq?

    ResponderExcluir
  2. Acho que ele foi fazer o Papanicolau anual, preocupado com o câncer de colo do útero kkkkkkklk.

    ResponderExcluir
  3. Mudança é só por fora,por dentro continua como nasceu, não adianta nem mudar o nome.

    ResponderExcluir
  4. Em qualquer outro país seria uma piada, aqui no Brasil é um crime com pena de reclusão.... vergonhoso...

    ResponderExcluir
  5. Oh! Vergonha dessas leis ridículas do Brasil...prender um medico por isso ! Tinha e que dar um prêmio e aumeto de salário...

    ResponderExcluir
  6. O absurdo ainda é ser algemado, uma vergonha mundial. Por mais que queiram ser tratado como mulher nunca vai ser, o que predomina e como nasceu.

    ResponderExcluir
  7. Ginecologista mexe com o quê?
    Pênis?
    Absurdo

    ResponderExcluir
  8. Esse é o Brasil de esquerda, tudo errado, tudo invertido. Mas creio que vamos organizar esse país novamente.

    ResponderExcluir
  9. Mas como não se recusar??? Ele estudou para atender o sexo feminino não homem, travestir é homem, ou vai dizer que não a justiça agora não sabe diferenciar o orgao reprodutor masculino de um feminino??? Isso é um absurdo!

    ResponderExcluir
  10. Eu não sei nem o que falar. Dizer o quê? Triste do dia que os amantes do Comunismo e do Socialismo conseguiram enganar o Brasil com histórias da carochinha para assumirem o poder do Brasil. Afundaram o Pais numa crise sem precedentes e agora com total inversão de valores. Graças a Deus conseguimos tirar a esquerda do poder, é hora de mudança e pra ontem. O Brasil tem que ser um exemplo positivo, basta de cometer erros em cima de erros.

    ResponderExcluir
  11. Kkkkrkkk coitado dos ginecologistas,agora têm que brincar de médico...além de ver a doença fictícia tem de ver xereca e glândulas mamárias aonde não existe .

    ResponderExcluir
  12. Isso é uma palhaçada não tem preconceito nenhum ai , agiu errado o delegado em prender o médico e ainda cobrar fiança pois o cara pode até ter toda aparência de mulher mas se não tem vagina não é mulher , por tanto não configurá discriminação nenhuma

    ResponderExcluir
  13. KKKKKKKKKKKKK VIADO pensa que tem útero :P

    ResponderExcluir
  14. O que é um traveco em sã consciência vai fazer em um ginecologista. O cabra é sem noção mesmo. E pior do que isso, uma lei que humilha o cidadão de bem, subjugando a nós que temos que aguentar essas mazelas. Não podemos nos calar diante disso. E isso está me cheirando a esquerdopatas é bem do estilo. Deus acima de todos

    ResponderExcluir
  15. Absurdo isso.. ele foi ver se tinha algum problema no ovário? Ou se dizer q a menstruação tva atrasada? Ou queria saber qual melhor anticoncepcional tomar? Gente ..q absurdo isso. Um médico sendo tratado como um delinquente por causa de uma onda dessa? Ele é ginecologista e pelo q eu saiba, atende mulheres. Isso nunca poderia ser taxado como preconceito, ele simplesmente ter recusado em atender o rapaz? Pelo q.sei, não cometeu crime algum. Apenas foi coerente.

    ResponderExcluir
  16. Médico de homem é urologista, lá ele iria pegar até o contato WhatsApp do dr. Kkkk vai queimar a rosca nos quintos dos inferno

    ResponderExcluir
  17. Tão absurdo e bizarro!E a maior inversão é esse médico ainda ir preso! Tempos lamentáveis! Total inversão de valores!

    ResponderExcluir
  18. Deveria ter ido ao urologista, é trans, não é mulher.

    ResponderExcluir
  19. Se eu fosse igual a ele não atenderia também.

    ResponderExcluir
  20. Canalhas, invertendo valores e a ordem natural da coisas. O dia do juízo vem ai

    ResponderExcluir
  21. Me perdoem, mas estou cada vez mais sem esperança pelo nosso país . O médico nem deveria ter sido preso. Algumas palavras deixaram de existir no Brasil... Absurdo é uma delas...

    ResponderExcluir
  22. Tá certo doutor vai preso mas não cede, só quem tem útero é a mulher, fora disso é aberração

    ResponderExcluir
  23. Prisão ilegal além de não ter necessidade de algemar pois o funcionário não oferecida nenhuma perigo.

    ResponderExcluir
  24. Um abuso viu. Um médico conservador,já de idade se prestar a isso, a ir preso e ter que pagar a fiança para ser solto. Por causa de um gay que resolveu ser travestí aí o médico tem obrigação de atende-lo. Palhaçada. Bando de ridiculos. Gay tem útero? Gay tem vagina? Gay menstrua. Vá procurar um nmédico da Cuba pra ser atendido. Que esta zona que o PT criou tá se acabando.

    ResponderExcluir
  25. O médico ginecologista é formado e preparado para atender pessoas que biologicamente determina-se do sexo feminino, não seria de sua competência examinar impaciente com órgãos de formações diversas a sua especialidade é isso lhe dá o direito da recusa por falta de competência.

    ResponderExcluir
  26. Prender um médico em pleno exercício da função é um absurdo! Com certeza esses políciais fazem parte do mesmo sindicato desse travesti!

    ResponderExcluir
  27. O policial e o superior dele que deveriam ser presos.
    Absurdo isso!

    ResponderExcluir
  28. O POLICIAL QUE PRENDEU ESTE MÉDICO, DEVERIA TER AS COISAS AMPUTADAS, JÁ QUE COM CERTEZA É SIMPATIZANTE DA CAUSA HOMO.

    ResponderExcluir
  29. Jesus cristo. Onde ja se viu um absurdo desses. Não tem cabimento é inversão de valores. Esse macho travestido de mulher o medico é obrigado atender. Absurdo absurdo só no Brasil.

    ResponderExcluir
  30. A insanidade está tomando índices alarmantes. É uma confusão total instituída por essa ideologia doentia e imoral. Que Deus ilumine um super homem para acabar de vez com essas aberrações.

    ResponderExcluir
  31. O policial que atendeu deve ser homossexual também, ô raça unida affff

    ResponderExcluir
  32. Esse delegado é "do clube" com certeza. Deturpou os fatos para ser "solidário" ao clã

    ResponderExcluir
  33. A polícia apenas cumpre a Legislação, o errado foi o STF determinar que isso é crime!

    ResponderExcluir
  34. Infelizmente a polícia tem que cumprir a Lei, esse STF é um antro.

    ResponderExcluir
  35. É?.e desde quando esse fdp tem vagina ?

    ResponderExcluir
  36. Cara q absurdo só pode ser brincadeira uma coisa dessas

    ResponderExcluir
  37. Então se um adulto for em médico pediatra para ser atendido , e o médico se recusar a atender o adulto , isso também será crime? Cada um vai no médico de sua especialidade, o ultra vaginal do travesti é realizado como?

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();