Mercosul decide Marginalizar Venezuela

Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, os quatro membros fundadores do Mercosul, resolveram marginalizar a Venezuela. Ficou determinado que será formada  uma presidência colegiada do aglomerado até 1 de dezembro de 2016. O país da Venezuela também tem até o dia 1 de dezembro deste ano para desempenhar todos os compromissos assumidos há quatro anos, no momento em que foi aceita no bloco. Se não cumprir, será cancelada(suspensa).
O Itamaraty entende que o país não vai ter circunstâncias  de integrar as regras impostas aos membros à sua legislação interna. Se isso se comprovar, a marginalização total  da Venezuela será completa.

A decisão não foi unânime. Argentina , Brasil e Paraguai votaram a favor de presidência colegiada. Porém  o Uruguai preferiu se privar. Abstenção é válida  como consenso, no lugar de voto contrário. A proposta da presidência colegiada foi lançada pela Argentina no fim de julho.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();