Exército Brasileiro é multado em R$ 40 mil por morte da onça Juma após evento da passagem da tocha


O Exército Brasileiro  foi multado com a quantia de R$ 40 mil pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) pela morte da onça pitada Juma, após o evento da passagem da tocha olímpica por Manaus, no último dia 20 de junho Segundo a Folha de S. Paulo, com base em relatório técnico sobre o caso, o Ipaam multou em R$ 30 mil o 1º Batalhão de Infantaria de Selva por transportar e manter o animal e em cativeiro sem autorização, além de construir um local para abrigar o animal sem a licença do órgão ambiental. O Exército pode recorrer das multas em até 20 dias.


Já o Comando Militar da Amazônia (CMA) foi multado em R$ 5 mil por utilizar uma espécie da fauna silvestre nativa sem autorização do órgão, enquanto o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) foi multado nesse valor, por utilizar o animal sem a autorização do Ipaam. 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();