Apoiadora do MST, Ex- Candidata a Presidente Luciana Genro tem uma de suas fazendas invadida por Sem-Terras

A ex-candidata a Presidente e  engajada militante anticapitalista e antilatifundiária, Luciana Genro, foi surpreendida na manhã de hoje ao chegar em sua grandiosa fazenda na zona rual da  Cidade de Porto Alegre.

Ela tinha o objetivo de descansar por alguns dias, pois, segundo a mesma, “estava já com as mãos cheias de calos de tanto trabalhar”, Luciana  ficou surpresa ao perceber que sua propriedade tinha sido invadida por  militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST, eles festejavam ao redor da confortável residência localizada na fazenda.

“Quando ia chegando pela estrada, observei de longe uma bandeira do MST hasteada e pensei: ‘Tá de tranquilo’, pois sempre deixo uma bandeira do movimento hasteada em todas as minhas propriedades como manifestação de apoio à causa”, disse a filha de Tarso.

“Mas quando entrei pela porta da propriedade, vi inúmeras pessoas na piscina, e várias outros estavam desossando um boi para fazer churrasco, e só aí me dei conta de que havia algo errado”, lamenta.

Luciana Genro declarou que, quando se aproximou, já foi de imediato abordada por lideranças do MST, que a informaram que a propriedade estava sendo invadida “para efeitos de reforma agrária.”

“O que a gente não esperávamos”, declarou um dos líderes da invasão, “foi a reação dela, que por anos sempre nos apoiou, e justamente agora ameaçou chamar a polícia para nos retirar”.

Luciana disse à nossa reportagem que “por defendendo a reforma agrária, não esperava ter sua fazenda invadidas pelo  MST, pois eles  deviam ter o mínimo de consideração por mim que é aliada a sua causa”.

Perguntada se sua reação não era contraditória com aquilo que afirma defender, Luciana Genro falou que não, pois “o socialismo não significa que ninguém pode ter uma fazenda, mas sim, que TODOS podem ter uma fazenda”, explicou.

Esse impasse só foi resolvido quando o  pai de Luciana chegou  ao local, que conseguiu convencer a filha a pedir reintegração de posse perante a justiça.

“Vai dar tudo certo, eles são votos certo se a gente agir correto”, afirmou Tarso Genro, que é filiado ao PT (Partido dos Trabalhadores).


A ex-candidata a presidência da República, ainda meio contrariada, concordou com Tarso seu pai.

13 comentários:

  1. Ela que tinha que ter um mínimo de consideração pelo movimento que apóia e doar a fazenda pros caras

    ResponderExcluir
  2. Todos podem "ter" a fazenda dos outros, menos a dela!

    ResponderExcluir
  3. Sra. Luciana Genro, a senhora quer dizer que pra praticar putaria só vale no puteiro dos outros? Por acaso é proibido praticar putaria no cabaré da sua fazenda? Eu acho é pouco!

    ResponderExcluir
  4. Sim.Todos merecem ter uma Fazenda. Mas como as terras disponíveis são poucas a sua poderia ser invadida e dividida, não é? Afinal ninguém melhor do que vc, que apoia a causa, para doar sua Fazenda para a reforma agrária.

    ResponderExcluir
  5. Quanta vergonha! Que descaramento deste site! Ficar inventando notícia falsa una atrás da outra. Gente baixa, brinca com a ingenuidade dos brasileiros! VERGONHA!!!

    ResponderExcluir
  6. Luciana Genro,pimenta nos olhos dos outros é colirio; vc não acha?

    ResponderExcluir
  7. Esta mulher é uma verdadeira CRETINA. Tomem tudo dos outro menos as minhas coisas. Coisa de canalha de PSOL e PTs da vida.

    ResponderExcluir
  8. ESTA FAZENDA E AS OUTRAS COMO AS DO TARZO É DO povo VAMOS INVADIR SIM, APOIO ESTA CAUSA TEM MAIS FAZENDA QUE É DO POVO AS QUE O LULA ESTA CUIDANDO E OS FILHOS, E OUTROS DO PT, PSDB,PTDOB, PSOL,PTB E MAIS UM 40 PARTIDOS ESTÃO CUIDANDO É TUDO DO POVO.

    ResponderExcluir
  9. Só espero que ninguém mais vote nessas mentes doentias que são o atraso da nação.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();